quinta-feira, 15 de julho de 2010

Amplificadores digitais by Paulo Brites.

Olá , trago para vc´s mais um presente do amigo Paulo Brites. Uma matéria , que como não poderia ser diferente ,sempre é muito bem explicada . O assunto é amplificador digital , então tirem suas duvidas e boa leitura.

2 comentários:

Cláudio Carvalho disse...

Alexandre.
Fantástica a explanação do Paulo Brites! Realmente as fontes chaveadas são uma invenção super avançada, mas quanto aos amplificadores, ainda existe uma desconfiança muito grande dentro da nossa área!
Eu temo que a caloria gerada por estes amplificadores, também seja prejudicial ao seu funcionamento, acredito que haverá uma distorção musical no final!
Mas quem sou eu para contestar o Paulo!

Abraços. Cláudio

Leandro Coelho disse...

Realmente é uma pena que esse senhor Paulo Brites tenha feito uma explanação tão simplista e parcial em pró das classes de amplificação analógicas. Por favor senhores, nem sempre "títulos" são sinônimo de real conhecimento de causa e imparcialidade. Não devemos esquecer que os circuitos transistorizados analógicos de hoje durante muitos anos sofreram e ainda sofrem (de uma parcela de ditos "audiófilos") acusações parecidas. Sugiro que todos os interessados no assunto procurem pela internet pois há vasto material TÉCNICO realmente embasado contendo testes e que procurem acima de tudo, ouvir os novos.
Há e um lembrete final ... a natureza não é feita de senóide basta ligar um microfone na entrada de qualquer osciloscópio que veremos isso.
Atenciosamente:
Leandro Coelho
(técnico blá blá blá ... blá blá blá).